Facebook em crise, o início do fim?

5 de Julho de 2022 Por Redator do blog Não
Publicidade

O mercado é mesmo muito dinâmico, nos perguntamos inclusive se é possível que uma empresa que vale 1,2 bilhões de Dólares, possa passar por algum tipo de turbulência financeira, ou até mesmo alguma crise. A resposta é sim! Isso porque nos últimos meses o Facebook perdeu mais de 250 Milhões de Dólares do seu valor, sabemos inclusive que o Facebook vem perdendo muitos usuários no mundo todo, e sofrendo várias ações em tribunais de todo mundo devido a sua supervisão, coleta e armazenamento de dados de usuários.

Se não bastasse todo comentário que temos no mundo financeiro, o próprio Mark Zuckerberg anunciou para os seus diretores para se prepararem, pois o Facebook irá passar por algumas ventanias, algumas tempestades, algumas crises ao longo dos próximos anos; ele chamou de “tempos difíceis virão.”
Até mesmo a grande aposta do Facebook o Metaverso, que aliás agora é o novo nome do Facebook, diminuído a própria empresa os investimentos no seu futuro diminuindo a contratação de engenheiros em quase 30%, diminuindo consideravelmente os investimentos tecnológicos; se não bastasse, existe uma comunidade enorme de especialistas dizendo que o anúncio do metaverso foi antecipado e considerado inapropriado para o momento, e que ainda o próprio Facebook não tem um projeto definido, não sabe onde quer chegar com metaverso, e nem o que ele representa.

Publicidade

Os motivos dessa queda do rendimento e do faturamento financeiro do Facebook se dá por vários motivos, quais podemos citar alguns deles, TikTok por exemplo, que vem crescendo muito no mundo todo e conquistando a faixa etária dos que não estão abrindo suas contas no Facebook, a Apple que mudou controle e gerenciamento de privacidade do iOS fazendo com que os usuários do iPhone não tenho seus dados expostos, assim, o Facebook não consegue entregar os anúncios adequados conforme os anunciantes contratam, tendo menos anunciantes, menos anúncios, menos compradores dos anunciantes e menos faturamento.

Seria o Facebook a repetição de uma Kodak? que já foi considerado uma empresa inovadora mas que não permaneceu no mercado, seria o Facebook um “novo” Orkut, e este não estará no ostracismo mais sozinho?

Ou será que Mark Zuckerberg está provando do que ele mesmo disse sobre o futuro tecnológico: “O futuro será privado.”

Não queremos acreditar nisso, que uma bigtech como o Metaverso possa deixar de existir no mercado, mas, que haverá grandes mudanças e adequações, ah! isso sim!