Unicórnios brasileiros

21 de Abril de 2022 Por Redator do blog Não
Publicidade

empresas bilionárias, Unicórnios brasileiros

No Brasil já temos empresas bilionárias, mais conhecidas como unicórnios brasileiros. Estamos falando de corporações que começaram como pequenas empresas e que alcançaram o crescimento exponencial de capital e retorno de forma consolidada.

Devemos lembrar que, no ano de 2013, a investidora do EUA, Aileen Lee, cunhou o termo “unicórnios” para se referir às startups avaliadas em valores acima da marca de 1 bilhão de reais.

Publicidade

Esse termo tem ganho grande popularidade e no ano de 2017, o Brasil começou a reconhecer as suas primeiras pequenas grandes corporações bilionárias.

Unicórnios brasileiros

Quando falamos em unicórnios brasileiros, podemos afirmar que o Brasil está entre os 10 países com maior número de startups avaliadas acima da linha do 1 bilhão de dólares.

Segundo dados da StartupBase, o Brasil possui 16 unicórnios, uma empresa a caminho de se tornar unicórnio e 13.465 startups em todo o país.

Considerando o mercado das startups mais valorizadas em todo o mundo, temos a fintech brasileira, Nubank, com capital consolidado de 25 bilhões de dólares.

Considerando os dados da CB Insights para o ano de 2021, o mercado de startups bilionárias está bastante aquecido em todo o mundo, e o mesmo ocorre no Brasil.

Publicidade

Em todo o mundo, existem 546 unicórnios com capital somado de 1.817 bilhões de dólares.

Considerando o continente sul-americano, o Brasil é considerado o centro dos grandes mercados do ecossistema de startups. Com mais de 10 unicórnios, o país está se tornando um ambiente favorável para esses perfis de empresas.

Quando falamos nas startups brasileiras que se tornaram bilionárias, podemos citar as marcas 99, Nubank, Movile, Gympass, Loggi, Quinto Andar, Ebanx, Wildlife, Loft, Vtex e Creditas.

Estamos falando de negócios que escalonam em seus mercados e atingiram valuation bilionário com captação de venture capital e de private equity.

Soonicorns

Os soonicorns se referem ao grupo de startups que atingiram captação e capital de centenas de milhões de dólares. Neste caso, são empresas que superaram a etapa de ideação e já alcançaram os principais pontos de positivação de atuação em seus mercados.

Quando avaliamos as empresas mais valiosas do Brasil e que começaram como startups, podemos analisar que elas se dedicam a mercados emergentes como o de entregas (delivery), serviços financeiros, serviços de banco digital e de tecnologia da informação.

A empresa Nubank, por exemplo, além de ter se tornado um importante banco digital no país, também se tornou um banco digital muito popular.

Conclusão

Atualmente, podemos explanar que as startups bilionárias brasileiras estão sempre em busca de renovação e inovação para manter o equilíbrio do crescimento.

São empresas que procuram crescer sempre e, ao mesmo tempo, recrutar bons profissionais hábeis à criação e geração de soluções.

Para o futuro, é previsível que novas empresas surjam neste formato para engrandecer a economia brasileira. Geralmente, as startups são empresas geridas por jovens empreendedores, porém cada modelo pode ser executado por empreendedores de diferentes faixas etárias e perfis.

A verdade é que a cada dia cresce o número de unicórnios brasileiros e a tendência é que estas empresas continuem fazendo a diferença.